Gruta da Ervideira

"Viagem ao centro da Terra"

Projecto

Introdução

Nós, os alunos do 12º ano da turma A1, vimos por este meio dar a conhecer o nosso projecto de área-escola, a desenvolver no ano lectivo de 2002/2003, subordinado ao tema "Gruta da Ervideira - Viagem ao Centro da Terra".

Com o intuito de incrementar a produtividade e qualidade das actividades a realizar, a turma encontra-se dividida em três grupos, cujo trabalho incidirá sobre áreas distintas do tema fulcral. As constituições dos grupos acompanhados pelos respectivos sub-temas, encontram-se organizados esquematicamente, de seguida:

Mónica Tempero, Ana Sofia, Tiago e Rafael........................ A Espeleologia;
Mónica Conteiro, Ana Margarida e Bruno............................ A Geologia;
Ana Raquel, Marina, David, Dina..........................................Fauna e Flora.

Este projecto, baseia-se fundamentalmente na elaboração de um estudo, direccionado à Gruta da Ervideira, situada no Carvalhal de Aljubarrota, aliado à prática de espeleologia. De facto, este estudo, elaborado num local tão inóspito e desconhecido, somente é viável mediante a disposição de competências, em termos espeleológicos.

Tendo como recursos, quer dados teóricos provenientes de fontes bibliográficas, quer dados práticos recolhidos durante o trabalho de campo, a ocorrer na gruta alvo da investigação, o estudo decorrerá em vários âmbitos, visando a sua abrangência global. O grupo que tem por sub-tema "A Espeleologia", pretende explicar a historicidade, importância e normas/requisitos desta actividade. Trabalhando o sub-tema "A Geologia", outro dos grupos tem como propósito fazer um enquadramento geológico da gruta, privilegiando a sua formação, evolução e riqueza de espeleotemas. O terceiro grupo, responsável pelo sub-tema "A Fauna e a Flora", propõe-se enumerar, classificar e caracterizar uma amostra significativa dos seres vivos, cujo habitat é a gruta da Ervideira.

Tal como já foi mencionado anteriormente, a espeleologia desempenha um papel crucial no nosso projecto de Área-Escola pelo que , durante as visitas de campo à gruta, seremos acompanhados por alguns espeleólogos. Estes ajudar-nos-ão a adquirir algumas noções básicas acerca da prática de espeleologia, das quais tanto necessitamos.

Motivações

Após árduo e conflituoso processo de adopção de um tema para o projecto de Área-Escola, resolvemos optar pelo tema "A Gruta da Ervideira - Viagem ao Centro da Terra", pelas seguintes motivações:

· Possibilidade de descobrir o património geológico da região onde vivemos.

· Combinação do gosto por actividades com adrenalina e aventura, com o desejo insaciável de melhorar os nossos conhecimentos.

· Experimentação de novas sensações e emoções que advêm da prática de uma actividade nova: a espeleologia.

· Emprego da multimédia e novas tecnologias na concretização do projecto.

· Satisfação da curiosidade surgida nas aulas de Ciências da Terra e da Vida e Biologia.

· Possibilidade de viver momentos agradáveis fora do contexto escolar, embora com objectivos escolares.

· Possibilidade de realizar trabalho de campo, ao invés de somente trabalho teórico.

Objectivos

Mediante o desenvolvimento deste projecto de Área-Escola, ao longo do presente ano lectivo, pretendemos concretizar as seguintes finalidades:

· Registar todos os conhecimentos adquiridos acerca da gruta num vídeo relativamente breve

· Fotografar algumas espécies e espeleotemas.

· Criar um endereço na Internet.

· Mostrar à comunidade escolar o produto final do nosso projecto de Área-Escola através de uma exposição, na qual constariam o nosso documentário, as fotos tiradas e o material necessário para a prática de espeleologia.

· Observar e caracterizar as espécies existentes na gruta, assim como a própria gruta.

· Adquirir novas competências no domínio da Espeleologia.

· Sensibilizar a comunidade escolar para a necessidade vital de preservar as grutas e as espécies que nelas habitam, através da exposição do produto final.

· Apreender novos conhecimentos importantes para a disciplina de Biologia e consolidar outros conhecimentos adquiridos em anos anteriores.

· Desenvolver a capacidade de observação e relacionar os conhecimentos teóricos com a própria realidade.

· Fomentar o gosto pela Geologia, Biologia e Espeleologia.

· Criação de uma consciência ecológica nos alunos da turma.

· Promover a cooperação, solidariedade e interajuda.

· Contribuir para a amizade entre alunos e professores, o que muitas vezes não é possível dentro da sala de aulas.

· Desenvolver competências, no que concerne à realização de trabalhos de campo.

· Desenvolver o espírito de grupo entre os indivíduos da turma.

Calendarização das Actividades a Desenvolver

No sentido de alcançarmos todos os objectivos a que nos propomos até ao princípio do terceiro período, é crucial cumprimos a seguinte planificação das actividades a desenvolver:

· Entrar em contacto com as entidades responsáveis pela gruta, de modo a esta ceder o material necessário para a prática de espeleologia, bem como de alguns monitores ........................ Até meados de Dezembro.

· Pesquisa bibliográfica e na sala nónio..................................... .Durante o primeiro e o segundo período.

· Visitas à gruta em estudo:

Primeira visita - Reconhecimento geral do terreno e início do trabalho de campo (identificação de espécies) .................................................................................... Até ao final do primeiro período.

Segunda Visita - Realização das gravações ................................. Até ao final do segundo período.

Terceira Visita (caso seja necessário) - Recolha de algumas informações importantes complementares.

· Elaboração do trabalho escrito..............................................................Até meados do segundo período.

·Montagem do Vídeo.................................................................................Até o final do segundo período.

· Criação e publicação de um endereço na Web....................................Antes do final do segundo período.

· Organização de uma exposição para mostrar o produto final do nosso projecto de Área-Escola à comunidade escolar ............................................................................... No princípio do terceiro período.

Recursos

Na realização do nosso projecto de Área-Escola, serão indispensáveis os seguintes recursos:

· Máquina de filmar;

· Dois vídeos;

· Televisão;

· Material necessário para a prática de Espeleologia;

· Computadores;

· Internet (Sala Nónio);

· Fontes bibliográficas;

· Transportes para a gruta em estudo;

· Máquina fotográfica digital;

· Detector de morcegos;

· Material de trabalho de campo.

Produto Final

Uma vez que o desenvolvimento do projecto de Área-Escola decorrerá até ao princípio do terceiro período do presente ano lectivo, pretendemos organizar nessa data uma exposição, dentro do recinto escolar.

Nesta estarão reunidos todos os produtos da nossa investigação subordinada ao tema "A Gruta da Ervideira - Viagem ao Centro da Terra". Os visitantes poderão desfolhar os nossos trabalhos escritos, visionar o nosso documentário, aceder ao site criado por nós, observar as fotos tiradas durante as visitas de campo e conhecer o material indispensável à prática de Espeleologia.

[Home] [Projecto] [Geologia] [Espeleologia] [Fauna e Flora] [Bibliografia] [Créditos] [Guestbook]